Chris Weidman vê Gegard Mousasi como um 'bom adversário'

Chris WeidmanChris Weidman Foto: SUPERMMA/ YOUTUBE

Escalados para lutarem o UFC 210 em Buffalo (Estados Unidos) dia 8 de abril, os lutadores da classe peso-médio Chris Weidman e Gegard Mousasi apresentam objetivos opostos pelo menos neste momento no Ultimate Fighting Championship.

Campeão entre os anos 2013 batendo Anderson Silva e 2015 quando perdeu para Luke Rockhold, o norte-americano Chris Weidman quer novamente este posto apesar de não ganhar a quase duas temporadas, quando derrotou Vitor Belfort no UFC 187: "Meu objetivo é colocar a cinta em minha cintura, mas é preciso uma luta de cada vez. Se eu não acreditasse que poderia vencer todos deixaria de competir. Creio ser o melhor lutador do mundo e tenho um bom adversário a frente (Gegard Mousasi) para poder provar isso”, contou ao numa declaração reproduzida via MMAnews.

Já o próximo oponente de Chris Weidman, o armeno-holandês Gegard Mousasi que soma quatro vitórias consecutivas sendo três nocautes, não compartilha desta mesma opinião sobre o título mundial dos médios: “Quem se importa com o cinturão? Posso enfrentar os melhores caras que não tem o cinturão. E depois posso encarar Michael Bisping, que acho que é o cara mais fraco, pelo cinturão. Do top 4 da divisão, ele é o mais fraco”, disse numa entrevista para o The MMA Heat.

Saiba mais: 

UFC 210

RECOMENDADO
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
LUTADORES