Perto de duelo contra Cyborg, Holly Holm não pretende voltar ao boxe

Holly HolmHolly Holm Foto: Reprodução da internet

Perto do duelo contra a brasileira Cris Cyborg valendo o cinturão dos penas no UFC 219, Holly Holm garantiu aos seus fãs que não pretende voltar a lutar boxe, esporte este que conquistou o título mundial 19 vezes e por três categorias diferentes e é, até hoje, considerada uma das melhores lutadoras.

"Eu terminei com o boxe. Não tenho paixão por isso. Talvez seja porque ainda estou lutando e não me aposentei. Não é porque eu não adoro o boxe, é que fiz isso por 10 anos profissionalmente. Minha motivação é essa nova carreira. Por isso não tenho vontade de voltar ao boxe”, disse Hollm numa coletiva de imprensa do UFC 218.

Mesmo descartando a possibilidade de voltar ao boxe, aos 36 anos, a “Filha do Pastor”, como é conhecida, fez ao todo 38 batalhas como boxeadora e sustentou um cartel de 33 vitórias (nove nocautes), duas derrotas e três empates. Além disso, também passou pelo kickboxing onde disputou três enfrentamentos e venceu dois. No MMA, esta norte-americana possui 14 lutas realizadas e conseguiu uma grande façanha ao ser a primeira atleta a derrotar a até então invencível  Ronda Rousey no UFC 193 levando o título mundial peso-galo.

Saiba mais: 

UFC 219

RECOMENDADO
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
LUTADORES
  • Holly Holm

    Holly Holm

    Peso Pena - Feminino 61,2 kg Jackson-Wink MMA