Demian Maia rebate críticas sobre vendas de pay-per-view

Demian MaiaDemian Maia Foto: SUPERMMA / Youtube

Número três entre os pesos meio-médios e sem ter jamais disputado o cinturão desta categoria, Demian Maia fez um desabafo a aqueles que dizem que ele nunca disputou o título porque não tem grande apelo dos fãs das artes marciais mistas em pacotes para televisão.

Numa declaração ao MMAFighting, Demian Maia rebateu as críticas sobre vendas de pay-per-view citando suas últimas seis vitórias onde em duas delas (Carlos Condit e Neil Magny) ganhou o prêmio pela sua performance.

"Todo mundo diz, 'oh esse cara vende lutas, esses outros não vendem', mas a realidade é que na divisão peso meio-médio ninguém vende bem os combates", explicou Maia. "Às vezes as pessoas empurram para mim essas coisas, mas na minha última luta venci pela finalização e em lutas anteriores apresentei grandes desempenhos, onde as pessoas assistiram. Não estou dizendo que sua última luta [Woodley vs Thompson] foi ruim, mas todo mundo sabia que não vender bem, não era tão emocionante. Então, não é apenas meu problema, somos todos juntos."

Para o lutador brasileiro Demian Maia caso enfrentasse o campeão Tyron Woodley venderia muitos mais pacotes, se comparado ao que venceu Stephen Thompson na revanche entre eles ocorrida dia 04 de março na T-Mobile Arena durante o UFC 209.

"O UFC precisa promover um pouco mais, e esta categoria é uma divisão difícil de vender hoje em dia. Acho que as pessoas acreditam em mentiras e repetem as mentiras tantas vezes que as pessoas começam a acreditar, 'ah, Demian não está lutando pelo título porque ele não vende.' E isso não é verdade, não iria vender [pay-per-view] pior do que 'Wonderboy'e Thompson fizeram. Poderia vender melhor."

Saiba mais: 

UFC 209

RECOMENDADO
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
LUTADORES