Ben Henderson aborda possibilidade de se aposentar

Ben HendersonBen Henderson Foto: Reprodução da internet

Tendo lutado pela última vez em novembro passado quando perdeu para Michael Chandler pela decisão dividida, o norte-americano Ben Henderson abordou as possibilidades de se aposentar nas artes marciais mistas agora que tem 33 anos, 24 vitórias e sete derrotas lutando desde 2006.

“Meu corpo não aguentará muitas lutas. Posso lutar por um certo período de tempo, quero lutar o máximo que puder. Busco quatro, cinco, seis brigas no próximo ano. Não estarei no auge por muito tempo, isso está na minha cabeça. Então quero fazer o tempo valer a pena. Antigamente, falava que queria me aposentar antes dos 34 anos, mas não me aposentarei antes disso. Sei que tenho um período mais curto, não lutarei até os 39, 40 anos. Tenho um tempo limitado e quero torná-lo o mais agitado possível”, declarou “Smooth” Henderson ao Sherdog.

Rechaçando a aposentadoria, pelo menos por enquanto, o peso-leve Ben Henderson mira agora seu duelo contra Patricky Pitbull, irmão de Patricio Freire, contra quem conquistou sua última vitória durante o Bellator 160: “Eles são bem parecidos, combinam bem e gostam de lutar. Patricio é pouco mais rápido, tem mais poder em suas mãos”.

COMPARTILHE
RECOMENDADO
ÚLTIMAS NOTÍCIAS