Para Alexander Gustafsson, Jon Jones ainda é campeão dos meio-pesados

Alexander GustafssonAlexander Gustafsson Foto: Reprodução da internet

Aguardando enfrentar o vencedor da disputa pelo cinturão dos meio-pesados entre Daniel Cormier e Volkan Oezdemir no UFC 220 de janeiro, Alexander Gustafsson ainda não desistiu de ter sua revanche contra Jon Jones dentro do octógono do UFC. De acordo com o suíço, quer ver “Bones” voltando ainda a competir mesmo tendo sido pego novamente com substâncias proibidas.

Numa participação feita no programa The MMA Hour, Gustafsson falou sobre Jon Jones e seu desejo por enfrentá-lo mais uma vez.

- Eu não estava chocado. Não fiquei surpreso e sinto muito por ele. O que posso dizer? É ruim para tudo. É ruim para o esporte. Veja o que ele fez com DC - ele é um animal. Ninguém fez o que fez e ele está sendo pego uma e outra vez. Deve haver algo errado com ele, certo? Você simplesmente não faz isso. Como eu deveria explicar? Eu apenas acho que ele está tomando todas as decisões erradas o tempo todo e por isso estou sentindo pena dele, basicamente. Eu o quero de volta. Quero outra luta com ele. Eu quero lutar contra ele em algum momento da minha futura carreira. Eu só quero lutar com ele mais uma vez e talvez por essa razão eu quero vê-lo voltar. Eu quero lutar com DC com certeza. Eu quero esse cinto, mas para mim o verdadeiro campeão é Jon Jones, é claro, porque ele está destruindo todos na divisão. Tudo o que ele fez não foi feito antes - contou o atleta.

Alexander Gustafsson é o primeiro lutador do ranking dos meio-pesados do UFC e teve uma única oportunidade de encarar Jon Jones nas artes marciais mistas. Foi dia 21 de setembro de 2013 no UFC 165 onde perdeu pela decisão dos árbitros laterais após cinco assaltos disputados. Esta luta foi considerada a melhor da noite.

Saiba mais: 

UFC 221

RECOMENDADO
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Thomas Almeida x Gleison Tibau20/01/2018 ÀS 10:26 Horários das lutas do UFC 220
LUTADORES